Blog Academia do Importador > Artigos > Como Importar > Como Fazer a Simulação do Valor Total em Compras Internacionais

Como Fazer a Simulação do Valor Total em Compras Internacionais

A compra de produtos variados com preço mais em conta é um dos principais atrativos para quem entra no ramo da importação.

No entanto, para que essa vantagem realmente seja verificada, alguns cuidados são necessários.

Entre eles, a simulação do valor total não pode faltar.

É que sobre as transações realizadas em lojas do exterior, há incidência de diversas taxas, incluindo eventual despesa com frete e os famosos e nada amigáveis impostos brasileiros.

Por meio da simulação do valor total. Você fica sabendo de antemão quanto deverá desembolsar para ter a tão esperada mercadoria em mãos.

Realizá-la, portanto, é a maneira mais eficiente de evitar frustrações e pagamento de despesas extras inesperadas.

Compras Internacionais – aprenda Como Fazer a Simulação do Valor Total

Saiba exatamente quais são os impostos cobrados

O primeiro passo para fazer a simulação do valor total adequadamente é saber todos os impostos que você deverá pagar ao comprar determinado produto.

Um erro muito comum dos brasileiros é acreditar que mercadorias até 50 dólares não são taxadas.

Isso somente acontece se o pacote for emitido por pessoa física para pessoa física.

Do contrário. O produto somente poderá ser retirado mediante o pagamento de um montante relativo a 60% sobre o valor da fatura.

A mesma regra vale para compras com total entre 50 a 500 dólares, somando-se a isso a taxa de despacho postal dos Correios, cujo valor é de R$12.

Para os pacotes que ultrapassem esse montante e sejam de até 3 mil dólares. O valor do despacho aumenta para R$ 150.

Exceto se for importar livros ou outros periódicos, todas as transações internacionais, assim como as nacionais, estão sujeitas à cobrança de ICMS para emissão da nota fiscal.

A alíquota dessa taxa varia conforme a localidade, por isso é importante conferir a tabela praticada onde você mora.

Frete: como fazer a simulação do valor total

Algumas lojas internacionais oferecem a opção de frete grátis.

Nesse caso, a mercadoria costuma demorar entre um e dois meses para chegar até seu endereço e é entregue pelos Correios quando chega em território nacional.

Para as pessoas que precisam receber o produto mais rapidamente, as empresas costumam oferecer outras formas de entrega.

Se esse for seu caso, precisará incluir esse valor na sua simulação de compra antes de efetivar o pedido.

Cotação da moeda e IOF na simulação de preços

Nem todas as lojas internacionais possuem plataformas brasileiras.

Por esse motivo, os produtos são disponibilizados somente com o valor na moeda em que a empresa está localizada.

O sucesso de sua simulação do valor total dependerá da adequada conversão monetária para real.

Para isso, basta consultar o montante exatamente no período que fará a compra.

Se você fizer a compra com cartão de crédito, também será cobrado o IOF – Imposto sobre Operações Financeiras.

A alíquota é relativa a 6,38% sobre o valor total da transação e será cobrado na sua próxima fatura.

Agora, se você quer mesmo importar com mais economia, basta fazer o curso da Academia do Importador e aprender tudo sobre esse ramo.

 

Aproveite para ler outros artigos do nosso Blog que Possam te Interessar:

3 comentários em “Como Fazer a Simulação do Valor Total em Compras Internacionais”

  1. Ednaldo, foram $278 dólares ou R$278 reais?
    Caso tenha sido valor em Dólar, sim, agora se esse valor mencionado for já convertido em Real, foi cobrado injustamente. Se você comprou respeitando todos os métodos corretamente, você pode e deve recorrer dessa tributação.
    No meu curso ensino o passo detalhadamente de como recorrer quando for cobrado impostos injustamente. Saiba mais clicando AQUI

  2. EDNALDO PESSOA DE LIMA E SILVA disse:

    Comprei uma mercadoria no valor de 278 foi cobrado 335 de imposto, é possível isso?

  3. Joaquim Sérgio F disse:

    Cara isso funciona realmente, realmente é realmente, porque vejo muitos falando que dar certo mas eu nunca tentei, e claro para revender. Quais os continentes que alfândega menos preocupa para fiscalizar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra o segredo e aprenda a pagar menos!

Não basta saber onde comprar, tem que saber onde é que tem os produtos mais baratos. É isso que você vai encontrar neste vídeo.