Conheça a História da M.A.C – O Make das Estrelas

Uma das marcas de maquiagem mais apreciadas entre as famosas, a M.A.C .

Ela reúne em seu catálogo cosméticos que são delírios de consumo de várias pessoas ao redor do mundo.

Para se transformar em ícone do segmento e ter seus produtos influindo no mundo da maquiagem contemporânea, a empresa teve que passar por uma longa trajetória.

Vamos conhecer a história da M.A.C?

Saiba mais sobre a história da m.a.c

M.A.C Como tudo começou

A história da M.A.C começa com a percepção do maquiador e fotógrafo Frank Toskan e do proprietário de uma rede de salões de beleza, Frank Angelo.

Da falta de maquiagens no mercado que oferecessem maior qualidade, cores fantásticas e melhor fixação.

Eles tiverem a ideia de desenvolver produtos para ajudar no trabalho de maquiadores e de profissionais que realizavam ensaios fotográficos.

Para tirar o projeto do papel, contaram com a ajuda do cunhado de Angelo, Vic Casale, que era químico.

O trio começou a fabricar cosméticos altamente pigmentados nos fundos de um dos salões de Angelo.

Nos primórdios, os seus produtos eram oferecidos exclusivamente a maquiadores, modelos e fotógrafos profissionais do mundo da moda.

A clientela se expandiu de boca a boca e em aproximadamente um ano, eles conseguiram erguer uma pequena fábrica.

A inauguração oficial da M.A.C ocorreu mesmo em 1984, na cidade de Toronto, Canadá.

Um dos nomes mais famosos do mundo dos cosméticos é apenas uma sigla de Make-up Art Cosmetics.

Consumidores comuns entram para a história da M.A.C

Com a criação da M.A.C, o negócio até então voltado ao ramo B2B.

Ou seja, distribuir maquiagens a profissionais que utilizavam os produtos em suas funções, passou a voltar-se para o consumidor comum.

Os meros mortais podiam encontrar os cosméticos a primeiro momento na loja de departamento Simpson’s, também localizada no centro de Toronto.

Além das suas cores marcantes, acabamentos variados e resultados surpreendentes.

A M.A.C foi a primeira marca profissional a disponibilizar seus produtos ao consumidor final.

Com o lema “All Ages, All Races, All Sex” (em tradução livre, “todas as idades, todas as raças, todos os sexos”).

Essa atitude da M.A.C inaugurou uma democracia na beleza, cuja qualidade beneficiaria a todas as pessoas sem distinção.

Esse foi um dos fatores que contribuiu para o sucesso de sua trajetória e faz parte da história da M.A.C .

A expansão da marca no ramo também se deveu às recomendações que recebia por parte de profissionais do mundo da beleza e jornalistas ao redor do mundo.

Além disso, contava com a grande notoriedade de celebridades que apareciam publicamente utilizando os produtos, como foi o caso da supermodel Linda Evangelista.

Babado: Madonna usa produtos M.A.C

Foi por intermédio de uma dessas celebridades que a história da M.A.C deu uma reviravolta.

Era o ano de 1990, quando Madonna declarou-se como fã da linha dos produtos da marca canadense.

Isso gerou uma avalanche de outras celebridades que confessaram ter um ou mais itens da marca M.A.C em sua nécessaire, ajudando a torná-la ainda mais conhecida.

Uma vez o segredo de beleza dos artistas mais badalados daquele momento revelado, todos os meros mortais queriam usar os mesmos produtos.

Nos Estados Unidos, as maquiagens M.A.C eram muito requisitadas e em 1991, a marca ganhou o seu primeiro endereço próprio no país, localizado em Nova Iorque.

A M.A.C ganha o mundo

Em 1995, a americana The Estée Lauder Companies comprou 51% da M.A.C, e anos depois, em 1998, adquiriu o restante após a morte de Frank Angelo.

Como proprietária total da marca, a companhia investiu em expandir os negócios ao redor do mundo inaugurando diversas lojas nas principais cidades.

No Brasil, a primeira loja da marca canadense M.A.C foi inaugurada em 2002, no Shopping Iguatemi de São Paulo.

A partir de então, outras cidades também contaram com estabelecimentos próprios da M.A.C.

A empresa também investiu em um e-commerce brasileiro, no ar desde 2004.

Com bases, pós, batons, sombras e outros cosméticos desenvolvidos com o melhor da tecnologia do setor, a M.A.C está entre as marcas preferidas das brasileiras.

Agora que você já sabe mais sobre a incrível história da M.A.C, o que acha de aprender como importá-los?

Quem deseja os produtos sabe que comprá-los por aqui exige uma boa disponibilidade econômica.

Por isso, importar os produtos da M.A.C é uma forma de obter a qualidade que você precisa economizando muito.

No curso da Academia do Importador, você aprende todas as técnicas para comprar as maquiagens que deseja em lojas virtuais internacionais. Matricule-se já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *