Dicas de Importação para Iniciantes – Confira as Melhores

Quer comprar um artigo importado, mas ainda não sabe bem como esse processo funciona?

Por mais complicado que possa parecer, com as informações certas, importar produtos se torna algo fácil e muito vantajoso que vai ser raro você comprar qualquer coisa que vem lá de fora em lojas brasileiras.

Para isso, basta seguir algumas dicas de importação para iniciantes que vamos dar nesse artigo.

Importação para Iniciantes

Fornecedores

O primeiro passo antes de pensar em gastar o seu dinheiro é encontrar o lugar certo para fazer suas compras.

Iniciantes devem preferir utilizar sites conhecidos e que sejam confiáveis, tendo maior garantia de que a mercadoria irá chegar.

Lojas como Amazon, que possuem diversos produtos são ótimos pontos de partida para pesquisa.

Estados Unidos 

Quando se fala em importação para iniciantes, esse é o primeiro país que vem à mente.

Comprar em lojas virtuais americanas você terá maior confiabilidade na procedência e originalidade do produto.

Além disso, é possível aproveitar as excelentes promoções que eles realizam sazonalmente, como Black Friday e Valentines Days.

China

Divido a seus excelentes preços, o país vermelho é um ótimo destino para comprar produtos importados.

Porém, é importante tomar muito cuidado com as compras de lá, pois muitos fornecedores vendem réplicas no lugar de originais.

Antes de fechar a compra, sempre leia os reviews e avaliações de outros clientes para atestar a confiabilidade do fornecedor.

Frete

Esse quesito pode encarecer bastante a sua compra, por isso, se você é um importador iniciante é importante fazer uma simulação do valor a ser pago antes de fechar a negociação.

Existem diversos tipos de frete, dependendo do que escolher, isso irá impactar no preço e no tempo em que o pacote irá chegar.

Basicamente, quanto mais caro mais rápido.

Taxas de importação

Todo produto que chega ao Brasil precisa passar pela Receita Federal, onde ele será avaliado e poderá ou não ser taxado pela alfândega de acordo com o valor aduaneiro (preço do produto + frete).

Até 50 dólares

Nesse caso, quando o valor aduaneiro não excede essa quantia e o envio é realizado de pessoa para pessoa não há cobrança de taxa de importação.

De 50 a 500 dólares

Nessa faixa de preço, os importadores iniciantes podem optar por pagar uma tarifa simplificada, que representa 60% sobre o valor final da remessa.

Também poderá ser exigido o ICMS, que varia de estado para estado e os 12 reais de remessa postal pagos ao correio.

Até de 3000 dólares

Os produtos cujo valor aduaneiro estiverem nessa categoria irão precisar de uma Declaração Simplificada de Importação (DSI).

Taxas como Despacho Aduaneiro e ICMS também podem incidir sobre a remessa.

Academia do importador

Agora que você já viu várias dicas de importação para iniciantes, ainda tem dúvidas na hora de importar?

Faça o curso Academia do Importador e aprenda todos os detalhes de como esse processo funciona e economize na hora de comprar seus artigos.

1 comentário


  1. Show de bola o ARTIGO! Dicas fundamentais para quem vai iniciar nesse Ramo Da Importação.
    Fiz um Artigo parecido para quem quer começar nesse ramo também espero que você!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *