Taxas de Importação – Como Funcionam As Principais e Para Que Elas Servem

Quando você importa produtos, acaba pagando algumas taxas de importação (e torcendo para não arcar com outras).

Porém, você sabe quais alíquotas são essas, para quê servem e para onde vão?

Entenda um pouco mais sobre cada uma das taxas de importação existentes.

Taxas de Importação

II – Taxas de Importação

Essa é a maior tarifa que incide sobre a compra de produtos importados, as taxas de importação.

São cobradas de forma diferente de acordo com o tipo de importação:

– Importação de produto por pessoa física:

Neste caso, as alíquotas são recolhidas de acordo com o valor dos produtos adquiridos:

  • Até 50 dólares

Quando o envio da mercadoria é realizado de pessoa física para pessoa física e o valor final (preço do produto + frete de envio + seguro internacional) não supere essa faixa de preço, não há cobrança de taxas de importação.

Para os produtos cujo valor não exceda essa faixa de preço, é cobrada uma tarifa simplificada de imposto, que é de 60% sobre o valor final da remessa.

Além disso, poderá ser exigido o pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS)

  • Até 3.000 dólares

Nesta faixa, será necessária a apresentação da Declaração Simplificada de Importação (DSI)

E além do pagamento das taxas de Importação, será cobrado o ICMS e uma taxa de Despacho Aduaneiro.

Acima deste valor é necessário contratação de um despachante ou utilizar o Importa Fácil dos Correios.

– Taxas de Importação de Produto por Pessoa Jurídica:

No caso de empresas, produtos que não excedam à R$3.000,00 podem ser tributados utilizando uma DSI, que irá cobrar uma taxa de 60%.

Em casos que excedam esses valores, será necessário verificar a legislação específica de cada tipo de produto.

ICMS

O Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviços(ICMS).

Como o próprio nome já indica, incide sobre todos os produtos que circulam pelo país.

O valor arrecadado fica a cargo dos estados, que irão usá-lo para diversas funções.

O valor cobrado por ele varia para cada lugar.

IPI

O Imposto sobre Produtos Industrializados é cobrado sobre todos os itens vendidos no Brasil.

A alíquota é calculada de acordo com a tabela de IPI, podendo ser diferente para cada tipo de produto.

PIS/COFINS

Tributados sobre bens e serviços, essas alíquotas são calculadas de acordo com o Valor Aduaneiro.

Ou seja, o preço do produto somado ao frete e ao seguro internacional.

A tributação segue uma tabela específica para cada produto.

IOF

O Imposto sobre Operação Financeira é cobrado em todas as transações monetárias realizadas no Brasil e no exterior.

Toda compra de moeda estrangeira ou utilização do cartão internacional terá uma porcentagem recolhida pela alíquota.

ISS

O Imposto sobre Operação de Serviços de Qualquer Natureza (ISS) é cobrado sobre a prestação de serviços para clientes de fora do país e utilização dos serviços de empresas estrangeiras.

Academia do Importador

Mesmo pagando todas essas taxas de importação, é possível economizar bastante dinheiro trazendo produtos diretamente de fora do país.

Mas para isso, você precisa aprender cada detalhe que irá baratear sua encomenda, e é esse conteúdo que você irá encontrar no curso Academia do Importador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *